Radio Calema
InicioAngolaSociedadeFalta de escadas e pontos de banho coloca em risco vida de...

Falta de escadas e pontos de banho coloca em risco vida de peregrinos

Os peregrinos ao Santuário da Nossa Senhora da Muxima clamam às autoridades competentes pela construção de escadas para subir e descer até a margem do rio, onde os mesmos tratam da sua higiene pessoal, sempre que se realiza actividades de peregrinação

Segundo uma constatação feita este sábado, pela Angop, os riscos e perigos que os peregrinos enfrentam são iminentes, atendendo a quantidade de banhistas que se deslocam ao rio em simultâneo, a partir das 4h30 minutos da manhã.

Em declarações à Angop, Joana Lemos disse que os riscos são maiores para chegar até a margem do rio por ter uma única passagem e estreita com sentido aliado as pedras escorregadias que se encontram na travessia.

Por seu turno, Ana Francisco, outra peregrina, defendeu a necessidade de se construírem mais escadas e pontos de banho de maneira a evitar futuros perigos.

Para Jamba Gabriela, os peregrinos vão ao banho a partir das 4h30 da manhã, não obstante os avisos dos padres.

António Catembe corrobora com a opinião das peregrinas acima mencionadas e diz ser “ impressionante ver mulheres idosas, grávidas e mães com bebés ao colo a descer e a subir à beira do rio”.

A esse respeito, as autoridades municipais reconhecem o perigo que os peregrinos enfrentam todos os anos, pois já se registaram casos em que fieis tiveram de ser evacuados para as unidades hospitalares da capital.

A peregrinação ao santuário de Nossa Senhora da Muxima decorre sob o lema “ Jovens com Maria, Caminhemos Hoje ao Encontro de Jesus”, a qual conta este ano, com a presença do bispo de São Tomé, Dom Manuel António Mendez dos Santos. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.