Portal de Angola
Informação ao minuto

Chile confirma entrada de 147 mil venezuelanos no primeiro semestre

(© Reuters)

Mais de 147.000 venezuelanos entraram no Chile durante o primeiro semestre deste ano, quase o total registado em 2017, revelou a polícia chilena, em relatório publicado hoje no jornal La Tercera.

Entre 01 de Janeiro e 31 de Julho, 147.429 venezuelanos entraram no Chile, contra os 177.347 do ano passado.

Estes números fazem do Chile o quarto destino de migrantes venezuelanos, depois da Colômbia, Equador e Peru.

Do total de entradas no primeiro semestre, perto de 10.000 (9.626) pessoas beneficiaram de visto de “responsabilidade democrática”.

O Presidente conservador Sebastian Piñera criou estes vistos, de duração de apenas um ano e renováveis uma vez, para “meter ordem no país”.

O visto permite, depois da primeira renovação, pedir a residência definitiva do Chile, com uma população de 17 milhões, confrontado com uma vaga migratória sem precedentes: nos últimos quatro anos, o número de migrantes passou de 400 mil para perto de um milhão.

De acordo com as Nações Unidas, dos 2,3 milhões de venezuelanos que vivem no estrangeiro, mais de 1,6 milhões saíram do país depois de 2015, com a grave crise económica e política.

Cerca de 90% dos que saíram da Venezuela, presidido por Nicólas Maduro, refugiaram-se em países da região. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »