Portal de Angola
Informação ao minuto

Líder do Estado Islâmico apela a seguidores para continuarem a jihad

(© Reuters)

O líder do grupo extremista Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al-Baghdadi, pediu hoje aos seus seguidores que continuem a jihad (guerra santa), num telegrama transmitido hoje, o primeiro registo que lhe é atribuído num ano.

A mensagem, transmitida por ocasião do Eid al-Adha, o festival muçulmano que marca o fim do Hadj, (nome dado à peregrinação realizada à cidade santa de Meca pelos muçulmanos) acontece quando o Estado Islâmico se encontra isolado no Iraque e na Síria.

O último registo de alegadas comunicações de Baghdadi remonta a 28 de setembro de 2017.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou, na terça-feira, um ataque em Cabul que se prolongou por mais de seis horas.

Ao todo, cerca de 30 granadas de morteiro foram disparadas sobre a capital afegã a partir de “dois locais distintos mas próximos”, segundo um comunicado da missão da NATO no Afeganistão.

Quatro dos atacantes foram mortos e cinco renderam-se, segundo o texto.

O grupo jihadista reivindicou o ataque através da sua agência de propaganda Amaq. O alvo, segundo o grupo, era o palácio presidencial do Afeganistão. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »