Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Italianos analisam estreia de CR7 à lupa: “A Serie A não é a La Liga”

Imprensa italiana destaca exibição sofrida da Juventus e deixa vários apontamentos ao craque português entre críticas e elogios.

A estreia de Cristiano Ronaldo com a camisola da Juventus – em jogos oficiais, claro está – contou com a atenção de tudo e todos. O craque português não marcou, mas participou de forma positiva no triunfo arrancado a ferros em Verona frente ao Chievo (2-3).

A imprensa italiana, como não poderia deixar de ser, analisou a vitória da equipa que defende o título de campeã na Serie A e também fez menção ao rendimento de Ronaldo.

Entre elogios à entrega do internacional português e críticas à forma como a Juventus entrou em campo, as publicações transalpinas parecem concordar que Allegri ainda não encontrou a formula ideal para encaixar CR7 na equipa.

La Gazzetta dello Sport

“Ronaldo estreia-se sem golos, Bernardeschi decide aos 93′”

Este jornal italiano destacou o triunfo da Juve com uma alusão directa a Ronaldo e deu as boas vindas ao craque português. “Cristiano, bem-vindo a Itália. Adeptos entusiastas, jogos sempre complicados, decisões polémicas dos árbitros e calafrios”, escreve a Gazzetta que trata CR7 como “um jogador de qualidade superior”.

“Foi recebido como uma estrela de rock, com centenas de pessoas presentes só para o verem de perto. Saiu escoltado pelos guarda-costas e pode ter pensado que os jogos em Espanha não eram assim tão tensos”, remata a Gazzetta.

Corriere dello Sport

“CR7 a ‘seco’, Bernardeschi resolve no fim”

Esta publicação italiana destaca o facto de Cristiano Ronaldo não ter marcado na estreia em jogos oficiais e enumera as dificuldades sentidas pela Juventus para começar a nova temporada na Serie A com uma vitória.

La Repubblica

“Ronaldo joga bem, mas quem decide é Bernardeschi”

Aqui a exibição de Ronaldo também mereceu nota de destaque e até teve direito a uma classificação numérica: 6.5. Uma nota que vale pelo facto de Ronaldo” ter jogado bem” nomeadamente a partir do momento em que se “encostou ao lado esquerdo do ataque da Juve”, algo que “Dybala também faz no corredor contrário”.

La Stampa

“Juve sofre mas derrota Chievo, Bernardeschi decide remontada”

O diário com sede em Turim não utiliza Ronaldo no título da crónica da partida. No entanto, a análise conta com várias referências ao antigo jogador do Real Madrid. “Uma estreia com pelo menos dois golos sofridos não acontecia desde 1998, mas isto é o ponto negativo de uma Juve que ainda não encontrou o equilíbrio adequado com Ronaldo em campo. O português fez tudo o que podia para deixar a sua marca, mas rapidamente descobriu que a Serie A não é a La Liga”.

Il Messaggero

“CR7 ficou ‘a seco’, mas Bernardeschi resolveu isso”

Esta publicação localizada em Roma teceu várias críticas à Juventus pela postura adoptada no arranque da Serie A. “Não podem pensar que Cristiano é suficiente para ganhar, como disse Allegri na antevisão. Ainda assim, o Messaggero destacou CR7 como “o jogador mais perigoso da Juventus” e elogiou a forma como o craque português melhorou o rendimento a partir do momento em que se encostou à esquerda do ataque. (Notícias ao Minuto)

por Francisco Amaral Santos

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »