Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Filme de Kevin Spacey estreia em 10 salas e faz 110 euros no primeiro dia

‘Billionaire Boys Club’ é o primeiro filme do actor norte-americano a chegar às salas de cinema depois das acusações de assédio sexual. Pouco mais de dez pessoas viram, na estreia, o novo filme de Kevin Spacey.

O primeiro filme de Kevin Spacey após as denúncias de assédio sexual estreou-se na passada sexta-feira, nos Estados Unidos, e segundo os números da bilheteira, não fez mais do que 126 dólares (cerca de 110 euros) em bilheteira.

Conta o Hollywood Reporter que ‘Billionaire Boys Club’, que conta ainda com Ansel Elgort, Taron Egerton, Billie Lourd e Emma Roberts no elenco, estreou em apenas dez salas norte-americanas. Feitas as contas, cada sala gerou pouco mais de dez euros em receitas. Tendo em conta que um bilhete para ir ao cinema custa perto desse valor, estes números parecem indicar que, em média, esteve apenas uma pessoas presente por sala.

Quando surgiram as acusações contra o actor, a distribuidora de ‘Billionaire Boys Club’ ponderou cancelar o lançamento do filme. No entanto, apesar das críticas, manteve a data de lançamento, mas decidiu que a película só seria estreada em poucas salas.

Desde que Spacey se viu envolvido nas acusações de assédio sexual, o actor foi afastado da série ‘House of Cards’, onde desempenhava o papel principal, e foi substituído por Christopher Plummer no filme ‘All the Money in the World’, de Ridley Scott. A Netflix também cancelou o lançamento de um filme sobre Gore Vidal, em que Spacey iria desempenhar o papel do escrito. (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »