Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ordem dos advogados quer mais qualidade na formação de juristas

A ordem dos advogados na província do Huambo quer a melhoria dos planos curriculares de ensino de direito do país, com vista a garantir uma formação com a qualidade desejada dos candidatos a advocacia.

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, o presidente do conselho local da ordem, Domingos João Sassi, lamentou o facto de muitos candidatos ao exercício da advocacia não demonstrarem aptidões desejadas.

“A qualidade dos juristas formados pelas instituições de ensino de direito do país, sobretudo da nossa província em particular, está ainda aquém da desejada para ao exercício da advocacia”, desabafou.

Para se ultrapassar tal situação, Domingos Sassi apela que as faculdades e institutos superiores vocacionados à formação de juristas melhorem as suas políticas pedagógicas, através de elaboração de planos curriculares e constituição de um corpo docente que respondam os desafios da profissão.

Segundo ele, que não entrou em detalhes acerca das insuficiências que os juristas apresentam, um advogado, por lidar com os direitos fundamentais dos cidadãos, tem de ser um indivíduo devidamente formado, a altura de prestar um serviço com a qualidade que se exige.

Entretanto, afirmou que a futura lei de acesso à advocacia, em elaboração, poderá resolver o problema actual, já que prevê uma prova pública de admissão.

Na província do Huambo estão inscritos na ordem dos advogados 90 profissionais e 140 estagiários, pertencentes a 27 escritórios. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »