Smiley face

Oficial do SIC é julgado por homicídio voluntário

0 54

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O intendente do Serviço de Investigação Criminal de Luanda, Dedé Calama, acusado de ter morto a tiro, em Novembro do ano passado, a cidadã de 54 anos de idade que, em vida, atendia pelo nome de Maria Pereira, começou a ser julgado ontem, no Tribunal do Kilamba Kiaxi, pelo crime de homicídio voluntário e disparo de arma de fogo.

O crime ocorreu no Bairro Popular, município do Kilamba Kiaxi, quando a vítima saiu em defesa do seu filho, Jair Pereira, que, na altura, estava a ser agredido por um grupo de cidadãos, por sinal vizinhos.

Marcado para as 10 horas, o julgamento começou com uma hora e meia de atraso, em função da chegada tardia ao tribunal do réu que se encontra detido na Comarca de Viana.

O filho da malograda, Jair Pereira, ainda consternado com a dor, disse ao Jornal de Angola esperar que se faça
justiça e pede que o réu seja condenado com uma pena máxima.

Jair Pereira, que também vai ser ouvido neste processo como declarante, afirmou que os exames balísticos confirmam
que o disparo foi feito pelo acusado e, com isso, espera que o tribunal faça justiça. O jovem re-corda-se do dia da morte da mãe. Tudo começou quando decidiu, em companhia dos amigos, solicitar aos inquilinos de uma discoteca/pensão para baixarem o volume do som, que não deixava ninguém dormir.”

Em resposta, conta Jair Pereira, os inquilinos, provenientes da República Democrática do Congo (RDC), não gostaram da advertência e partiram para a agressão física.

Explicou que, diante da agressão, a malograda dirigiu-se até a discoteca/pensão com intenção de apaziguar a briga. Lembrou que foi nesta altura que o intendente Dedé disparou um tiro, que terá atingido mortalmente a sua mãe. Ainda se tentou levar para o hospital,mas sem sucesso. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »