Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Académico destaca papel da universidade na sociedade

A chefe do Departamento de Ciências Sociais do Instituto Superior Politécnico Dom Alexandre Cardeal do Nascimento (ISPCAN), Bernarda Kaculete, destacou hoje, quinta-feira, na cidade de Malanje, a importância das universidades na resolução de problemas sociais, políticos, económicos e culturais na sociedade.

O académico fez esse pronunciamento quando falava na cerimónia de abertura das primeiras jornadas científicas do ISPCAN que vão decorrer, durante dois dias, sob o lema “A universidade ao serviço da comunidade”.

Referiu que as universidades, através dos seus trabalhos de investigação científica, podem ajudar a melhorar as condições de vida da população e a resolver problemas que afectam a comunidade, como a pobreza, doenças, entre outros males.

No seu entender, o ensino universitário em Angola precisa adoptar uma postura investigava mais dinâmica perante os fenómenos locais, para colocar-se a ciência ao serviço da sociedade.

Solicitou à comunidade académica do país no sentido de aumentar a produção de trabalhos científicos para melhor conhecimento e esclarecimento dos fenómenos naturais e sociais, bem como para servir de bibliografia para a classe estudantil.

Salientou que devido a carência bibliografia de autores angolanos, muitos estudantes são obrigados a recorrer a trabalhos publicados por académicos estrangeiros.

Informou, por outro lado, que as jornadas científicas da ISPCAN visam incutir aos professores e estudantes da instituição o espírito crítico sobre o mundo académico, despertando o interesse sobre a investigação científica.

Durante o encontro, os participantes vão abordar temas como as “Tecnologias de informação ao serviço da comunidade”, “O contributo da universidade no processo de democratização de Angola”, “O papel do psicólogo na resolução de conflitos da comunidade”, entre outros assuntos.

A funcionar desde 2017, no ISPCAN são leccionados os cursos de Engenharia Informática, Construção Civil, Agronomia, Telecomunicações e Electrónica, Enfermagem, Fisioterapia, Direito, Português e Comunicação, Economia, Psicologia, Gestão de Recursos Humanos, Contabilidade e Gestão, Administração Pública e Hotelaria e Turismo.

Neste ano lectivo, estão matriculados no ISPCAN dois mil e 580 estudantes.

A instituição, com 48 salas de aula, conta com 66 professores, entre nacionais e estrangeiros. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »