Portal de Angola
Informação ao minuto

Casa Branca considera sanções turcas lamentáveis

(© Getty Images)

A Casa Branca considerou hoje “lamentáveis” as sanções económicas anunciadas pela Turquia em resposta às impostas pelos Estados Unidos, que novamente apelaram para a libertação imediata do pastor norte-americano Andrew Brunson.

“As tarifas aduaneiras da Turquia são com certeza lamentáveis e um passo na direcção errada. As tarifas aduaneiras impostas pelos Estados Unidos à Turquia derivam de interesses de segurança nacional. As deles são uma represália”, declarou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

A porta-voz lamentou igualmente que a Turquia tenha tratado de forma “muito injusta, muito maldosa” o pastor Brunson, de quem disse “ser uma pessoa muito boa e um cristão fervoroso que nada fez de mal”.

Acrescentou ainda que as taxas aduaneiras impostas pelos Estados Unidos ao aço turco se manterão mesmo em caso de libertação do religioso.

Inquirida sobre o impacto das tensões entre Washington e Ancara na lira turca, Sanders respondeu que os Estados Unidos estão a “acompanhar a situação”.

“Os problemas económicos da Turquia são fruto de uma tendência de longo prazo, algo por que ela é responsável e não o resultado de qualquer acção dos Estados Unidos”, afirmou. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »