- Publicidade-
InicioMundo LusófonoPortugalFortuna dos 10 mais ricos de Portugal duplicou em 15 anos

Fortuna dos 10 mais ricos de Portugal duplicou em 15 anos

A família Azevedo volta a entrar no pódio dos mais ricos de Portugal, com a fortuna dos filhos de Belmiro de Azevedo a superar a da família Guimarães de Mello.

Os 10 mais ricos de Portugal tem uma riqueza conjunta de 12,8 mil milhões de euros, de acordo com o ranking elaborado pela revista Exame, que salienta que este valor mais do que duplica o registado em 2004.

No primeiro ano em que a revista elaborou o ranking dos mais ricos de Portugal a riqueza das 10 famílias com maior fortuna ascendia a pouco mais de 5 mil milhões de euros, ou 6,1 mil milhões de euros se os valores forem actualizados a inflação.

De acordo com a edição de Agosto da Exame, que está nas bancas a partir desta terça-feira, as 25 famílias portuguesas mais ricas têm uma fortuna conjunta de 17,9 mil milhões de euros, o que representa 10% do PIB e está abaixo dos 18,8 mil milhões apurados no ano passado.

Família Azevedo regressa ao terceiro lugar

No que diz respeito ao ranking dos mais ricos, a principal alteração está no regresso da família Azevedo ao pódio. A fortuna de Cláudia Azevedo, Nuno Azevedo e Paulo Azevedo foi avaliada pela Exame em 1.463 milhões de euros, o que foi suficiente para superar os 1.456 milhões de euros da família Guimarães de Mello, que assim cai para o quarto lugar.

As duas primeiras posições continuam a ser ocupadas pela família Amorim e Alexandre Soares dos Santos. A fortuna dos herdeiros de Américo Amorim (que tem como principais activos a Galp e a Corticeira Amorim) foi avaliada em 3.849 milhões de euros, quase o dobro da riqueza do dono da empresa que controla o Pingo Doce (1.819 milhões de euros).

Entre os 10 primeiros lugares continuam a figurar António da Silva Rodrigues (Grupo Simoldes), a Família Alves Ribeiro e Pedro Queiroz Pereira.

A Forbes publicou recentemente o seu primeiro ranking dos mais ricos de Portugal, que também colocava a família Amorim e Soares dos Santos nos dois primeiros lugares, sendo que o último lugar do pódio era ocupado pela família Alves Ribeiro.

A Exame salienta que entre o primeiro ranking de 2004 e o agora publicado, há nomes que permanecem na lista dos mais ricos de Portugal, como os “Mello, os Violas, os Azevedo, os Amorim, os Alves Ribeiro”. (Jornal de Negócios)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.