- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeDiagnosticados 22 novos casos de lepra em Malanje

Diagnosticados 22 novos casos de lepra em Malanje

Vinte e dois novos casos de lepra foram diagnosticados de Janeiro a Julho deste ano, em Malanje, pelo Programa Provincial de Luta contra a Lepra e a Tuberculose, informou nesta cidade o seu supervisor, Sousa Augusto.

O responsável apontou os municípios de Malanje, Cahombo e Luquembo como sendo os locais de maior proveniência da doença.

De igual modo, fez saber que o programa regista, há 2 meses, um excassez de medicamentos para os doentes adultos.

Precisou que para compensar o tratamento, estão a ser ministrados, aos adultos, medicamentos infantil reforçados.

“É inquietante a rotura de medicamentos, tendo em conta que os doentes do grau dois são os mais propensos a contagiar outras pessoas”, disse, acrescentando que a doença em estado avançado pode causar amputação de membros, ferimentos e cegueira.

De acordo com a fonte, a falta de transporte tem limitado o controlo e acompanhamento de casos, principalmente dos municípios longínquos.

O programa tem realizado dois tipos de tratamento aos pacientes, dos quais um com duração de um ano, que é efectuado às pessoas que apresentam um quadro clinico mais complicado, e o outro de seis meses, que é realizado aos pacientes com menos gravidade.

Com apenas um técnico de diagnóstico, o programa registou durante o ano passado, 72 casos da doença.

A lepra é uma doença infecciosa causado pelo bacilo mycobacterium e que afecta os nervos, a pele e causa danos severos ao corpo. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.