- Publicidade-
InicioEconomiaIsenção na pauta de meio agrícolas satisfaz agricultores

Isenção na pauta de meio agrícolas satisfaz agricultores

Agricultores da província do Bié mostraram-se hoje satisfeitos com a nova Pauta Aduaneira que isenta o pagamento de imposto de meios e instrumentos agrícolas, pelo facto da medida impulsionar a dinamização da actividade agrícola no país.

Ao falar à Angop, a propósito da nova Pauta Aduaneira, que entra em vigor no próximo dia 9 de Agosto, António Chivinda proprietário de um aviário, município do Cuito, afirmou que a isenção de impostos na importação de instrumentos e matérias-primas poderá alavancar o ciclo da produção local, um dos objectivos Governo em diversificar a economia nacional.

Segundo o empresário, a isenção de impostos na importação de máquinas e outros factores de produção vai contribuir significativamente para que o programa do governo, que visa combater a pobreza, beneficie principalmente as famílias que vivem da actividade agrícola.

Por sua vez, Alfeu Vinevala, fazendeiro do município do Chinguar, salientou que a isenção de impostos de meios agrícolas irá incentivar o aumento da produção.

Com a nova pauta, disse, o país vai apostar no fomento das exportações.

Por seu turno, o presidente da União Nacional dos Camponeses Angolano (Unaca-federação) no Bié, Mariano Sassoma, afirmou que a medida do governo estimula a diversificação da economia nacional, com realce para os sectores da agricultura e da indústria transformadora.

“A importação de tractores, alfaias, semente, insecticida, fertilizantes, instrumentos de mão para agricultura, pequenas máquinas indústrias e outros constitui mais-valia, porque irá diminuir os custos financeiros que se empregava no pagamento dos impostos aduaneiros”, salientou.

Na sua óptica, a nova Pauta Aduaneira vai dotar o país de sistema aduaneiro moderno, capaz de dar resposta aos desafios do desenvolvimento sustentável, através da produção nacional, bem como atracção de investimento estrangeiro. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.