- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaCuando Cubango: UNITA defende autarquias gerais

Cuando Cubango: UNITA defende autarquias gerais

As autarquias têm de ser realizadas em todos os municípios e não de forma gradual, para que não verifique as assimetrias regais em as regiões do país, como se constata actualmente, disse neste sábado o 1º secretário da UNITA no Cuando Cubango, Adriano Abel Sapiñala, .

Para o político, que falava durante uma palestra em alusão ao 44 aniversário da fundação da JURA, as eleições autárquicas previstas para 2020 têm de ser realizadas em todos os municípios, para que os que ainda se encontram menos desenvolvidos em relação aos outros conheçam o seu progresso gradual.

O secretário discorda com a proposta do MPLA da realização das eleições autárquicas de forma gradual, para quem, deste jeito se poderá assistir a continuidade nas assimetrias, sobretudo nos municípios distanciados das sedes capitais.

Para o caso concreto do Cuando Cubango, disse que a escolha do município de Menongue, sede capital da província, para as autarquias de 2020 irá prejudicar o desenvolvimento desejado dos municípios como Nankova, Mavinga, Rivungo, Dirico, Calai, entre outros.

Informou que, os municípios que fazem fronteira com a Namíbia (Dirico, Calai e Cuangar) e com a Zâmbia (Rivungo), por causa desenvolvimento “letárgico” que vivem as suas populações são obrigadas, actualmente, a decorrerem a estes países vizinhos para assistência médica e outros serviços sociais, algo considera muito preocupante mas com as autarquias o assunto teria solução local.

Por outro lado, defendeu a necessidade do ministério da Administração do Território, através dos seus representantes, passarem uma informação mais clara sobre a importância da realização das eleições autárquicas, no sentido de permitir os cidadãos angolanos estejam por dentro das vantagens que trarão nas suas vidas, como eleitores.

Sustentou que a forma como se está a auscultar a população não é mais correcta, porquanto a informação não tem sido muito abrangente, o que penaliza todo o processo em causa.

Adriano Abel Sapiñala exortou os jovens militantes da JURA no sentido de divulgarem, junto das populações, a sua preparação para as próximas autarquias, primeiras do género em Angola, bem como dos principais benefícios que irão proporcionar em cada municipalidade.

Estiveram presentes, na sala de reuniões do comité provincial da UNITA, militantes da organização juvenil deste partido e convidados.

Neste domingo, as actividades alusivas ao 44 aniversário da fundação da Jura terminam com uma partida de futebol 11. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.