Portal de Angola
Informação ao minuto

Ministra enaltece investimentos locais ligados ao sector universitário

MINISTRA DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, MARIA DO ROSÁRIO BRAGANÇA SAMBO (FOTO: ANGOP)

O governo provincial do Cuanza Norte encontra-se actualmente apostado na ampliação das infraestruturas da Escola Superior Politécnica local, visando assegurar a inserção de um maior número de estudantes no referido nível de ensino, uma iniciativa que mereceu sexta-feira, o aplauso da ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo.

A ministra proferiu tal depoimento no final da radiografia que efectuou à Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte, que é uma unidade orgânica da Universidade Kimpa Vita, sedeada no Uíge, aludindo ter constatado com muito agrado que o governo do Cuanza Norte está empenhado em ver melhorada as condições locais do ensino universitário.

Expressou que a referida realidade reside no facto do governo local ter se disponibilizado a financiar a ampliação das infraestruturas da Escola Superior Politécnica com mais 12 salas de aula a serem adicionadas as 14 já existentes, um anfiteatro com mais de 180 assentos e áreas administrativas que vão ajudar a melhorar as condições de funcionamento da instituição.

Referiu que a aludida unidade de ensino dispõe de infraestruturas consideradas possíveis, atendendo o actual contexto económico do país, mas que superam as condições registadas em instituições similares de outras províncias.

Maria Sambo disse que veio ainda ao Cuanza Norte para se inteirar da realidade da instituição local, sobretudo no que refere ao funcionamento, situação de infraestruturas, dificuldades em matéria de docentes e situação financeira.

Disse sentir-se satisfeita ao constatar o empenho da Direcção da Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte em informatizar os serviços académicos de gestão de recursos humanos, controlo das avaliações e demais serviços administrativos.

Disse ainda ter auscultado as principais preocupações dos docentes e pessoal administrativo, que entre as principais preocupações consta a necessidade da promoção de bolsas internas e externas ao nível do mestrado e doutoramento para o corpo docente, revisão da situação salarial, apetrechamentos do laboratórios, entre outras.

Na sua visita de algumas horas ao Cuanza Norte, a ministra fez-se acompanhar de uma delegação do seu pelouro e gestores da Universidade Kimpa Vita.

Recorde-se que a província do Cuanza Norte conta actualmente com duas instituições universitárias, sendo uma Escola Superior Politécnica fundada em 2011 e afecta à Universidade Kimpa Vista e uma Escola Superior Pedagógica autónoma, fundada em 2007. (Angop)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »