- Publicidade-
InicioGovernoCorrigir o que esta MalPaís com mais de 200 farmácias em situação ilegal

País com mais de 200 farmácias em situação ilegal

Duzentas e 17 farmácias operam de forma ilegal no país num universo de 1.230, disse hoje, sexta-feira, em Luanda, o Inspector-Geral da Saúde, Miguel dos Santos de Oliveira.

Segundo o responsável, a partir de terça-feira continuarão a fazer o levantamento das farmácias ilegais um processo que vai durar 15 dias, findo os quais serão encerradas as ilegais.

Miguel dos Santos falava a propósito do encontro entre o Ministério da Saúde com importadores e distribuidores de medicamentos e demais produtos farmacêuticos.

Adiantou que o grupo que vai trabalhar neste processo integra elementos da Inspecção-Geral da Saúde, da Direcção Nacional dos Medicamentos e Equipamentos, do Serviço de Investigação Criminal (SIC), da Inspecção- Geral do Comércio e do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC).

Apelou aos gestores destes estabelecimentos, que o órgão responsável para emissão de licença é a Direcção Nacional dos Medicamentos e Equipamentos.

Acrescentou que a missão da inspecção-geral da saúde é responsabilizar aqueles que têm os documentos falsificados, bem como os que falsificam as declarações em causa e tomar as medidas por lei.

Naqueles casos de falsificação a responsabilização é criminal.

“A nossa missão é agir no sentido do cumprimento da lei”, frisou.

O encontro com os importadores e distribuidores de medicamentos decorreu na Escola Técnica de Saúde de Luanda, com objectivo de melhorar os serviços prestados pelos intervenientes. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.