- Publicidade-
InicioDesportoOutras modalidadesMcGregor declara-se culpado e evita pena de prisão

McGregor declara-se culpado e evita pena de prisão

Lutador irlandês terá de pagar pelos danos causados, prestar serviço comunitário e participar num programa de controlo de raiva.

Conor McGregor compareceu, esta quinta-feira, no Tribunal Criminal Supremo de Kings County, em Brooklyn, onde formalizou o acordo que lhe permite evitar ter de enfrentar uma pena de prisão, devido ao ataque a um autocarro onde seguiam os lutadores Michael Chiesa e Ray Borg, em Abril.

O lutador irlandês declarou-se culpado por uma única acusação de conduta desordeira, pelo que todas as outras queixas contra si foram retiradas.

Segundo a revista norte-americana Rolling Stone, como contrapartida, o ex-campeão da UFC terá, não só de pagar na totalidade os danos causados no referido veículo, como também prestar cinco dias de serviço comunitário e participar num programa de controlo de raiva.

Além disso – e mais relevante do ponto de vista desportivo – McGregor está devidamente autorizado a viajar pelos Estados Unidos e a participar em qualquer evento para o qual seja convidado.

Os incidentes em causa, recorde-se, ocorreram no início de abril, quando, após uma conferência de imprensa levada a cabo pela UFC, o irlandês arremessou objetos contra o autocarro, como forma de protesto quanto à decisão de Dana White em lhe retirar o cinto de campeão de pesos leves. (Notícias ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.