- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesFalta de energia eléctrica condiciona internamento de pacientes

Falta de energia eléctrica condiciona internamento de pacientes

A falta de energia eléctrica, água e segurança, tem estado a condicionar o internamento de pacientes no posto saúde da comunidade de Camundambala, nove quilómetros da cidade de Saurimo (Lunda Sul) informou hoje, quinta-feira, a directora da referida instituição sanitária, Maria Soares.

Em declarações à Angop, a responsável fez saber que por falta de segurança o posto sofreu recentemente um assalto, que resultou no roubo da arca de conservação de vacinas e vandalização do sistema de electricidade.

Por este facto, associado a falta de energia eléctrica, a direcção do posto foi obrigada a retirar o mobiliário e guardar num local seguro.

Por outro lado, acrescentou que a infraestrutura debate-se igualmente com problemas de infiltração de água e apresenta algumas fissuras, “caso não haver intervenção urgente a situação pode agravar”, lamentou.

Maria Soares defendeu a necessidade de se construir, com urgência, um muro e a colocação de um corpo de segurança, visando a preservação da unidade hospitalar, que assiste os cerca de 850 habitantes.

O posto presta serviços de saúde às comunidades circunvizinhas, como Calucombo, Kulo e Sambuambua, e atende entre 10 a 20 pacientes por dia.

Apontou a malária, a sarna e a diarreia como as doenças mais frequentes na comunidade.

O posto assegurado por dois enfermeiros, comporta três salas de internamento, um consultório, uma farmácia, igual número de sala de partos e necessita de um gerador, para iluminar a instituição sanitária.

Camundambala conta com uma população estimada em 850 habitantes. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.