- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaTrabalhadores de empresa ligada a José Eduardo dos Santos protestam por falta...

Trabalhadores de empresa ligada a José Eduardo dos Santos protestam por falta de salários

Cerca de 350 trabalhadores apontam o dedo à passividade da justiça angolana

Mais de 100 funcionários do grupo Odilson Santos (SGO), empresa do grupo Saninvest, pertencente à Fundação Eduardo dos Santos (FESA), protestaram na manhã desta quarta-feira, 24, em Luanda contra a falta de pagamento de um ano de salários.

Na sede da empresa, eles também apontaram o dedo ao que dizem ser passividade da justiça em decidir sobre o despedimento de mais de 100 trabalhadores.

No total são mais de 350 trabalhadores que exigem o pagamento de um ano de salários.

Jorge da Cunha, porta-voz do Secretariado Executivo do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários e Afins de Luanda (STTRAL), diz que eles exigem igualmente a devolução do fundo social e as indeminizações àqueles que foram despedidos sem justa causa.

“O nosso protesto visa reclamar as indeminizações de trabalhadores que foram despedidos sem justa causa, a devolução do fundo da caixa social e o salário em atraso de um ano, nós abrimos processo no tribunal e no Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, mas até agora nem água vem nem água vai”, denunciou Cunha, que acusa a direcção da SGO de não dialogar por não ter condições para pagar aos funcionários.

A VOA tentou contactar a direcção da SGO mas sem sucesso. (Voa)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.