- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Marte tem depósito de água em estado líquido, confirmam investigadores

Marte tem depósito de água em estado líquido, confirmam investigadores

Grupo de investigadores italianos a trabalhar com a Agência Espacial Europeia detetaram um lado por baixo da superfície junto ao polo sul de Marte.

Um grupo de investigadores italianos a trabalhar em conjunto com a Agência Espacial Europeia anunciou a descoberta de água em estado líquido em Marte através de um estudo publicado na revista Science, confirmando assim as esperanças de múltiplos especialistas ao longo dos anos.

O lago em questão foi detetado a uma profundidade de 1.5 quilómetros abaixo da superfície de Marte, junto ao polo sul do planeta.

Como nota o MIT Technology Review, os investigadores que estudavam o ‘Planeta Vermelho’ já haviam conseguido encontrar pequenas quantidades de gelo na atmosfera. Faltava, porém, a confirmação que se podia encontrar água no planeta propriamente dito.

A descoberta foi feita graças ao instrumento Mars Advanced Radar for Subsurface and Ionosphere Sounding (MARSIS) a bordo da aeronave Mars Express, a qual tem enviado ondas de rádio na esperança que o respetivo reflexo confirme a existência de água. O estudo em questão captou sinais semelhantes aos verificados em lagos subterrâneos na Antártida e Gronelândia.

Mesmo que tenha sido encontrada água em estado líquido isto não significa que os futuros colonos da Terra consigam aproveitá-la para beber. O motivo por que esta água não se encontra congelada é explicado com a alta dose de sal das pedras marcianas, pelo que seria necessário muito equipamento pesado para a tornar potável.

A descoberta abre possibilidade para a existência de água em estado líquido em outras regiões do planeta. (Tecnologia ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.