- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaEspanha privilegia Angola em África

Espanha privilegia Angola em África

O Reino de Espanha mantém Angola como parceira importante na sua política externa em África, informou nesta terça-feira, em Luanda, o embaixador espanhol no país, Manuel Rui Gomez.

A Espanha possui um novo presidente do governo, Padro Sánchez, eleito há pouco menos de dois meses.

O embaixador espanhol manteve um encontro com o presidente do parlamento angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos, durante o qual reafirmou o interesse da cooperação deste país europeu com Angola.

A mudança do chefe de governo mantém “intacta” as relações com Angola e o “resto de África”, segundo o embaixador Manuel Ruigomez.

“Com o novo chefe do governo espanhol, Pedro Sánchez, as relações com Angola e o resto da África continuam a ser uma parte importante da nossa política externa”, declarou.

Informou que brevemente vai anunciar a data da visita oficial do Chefe do governo espanhol a Angola.

Embora reconheça que as relações dos dois países devem ser tratadas com o Executivo angolano, referiu que devido a importância que representa o Poder Legislativo (Assembleia Nacional), torna-se relevante “informar e reafirmar as relações” ao presidente do parlamento.

As mesmas são “muito boas”, reflectida na presença de empresários espanhóis com a noção de que a agricultura é um domínio que interessa muito a Espanha, na relação bilateral com Angola, assim como o turismo.

Destacou as medidas políticas que o Presidente da República, João Lourenço, tem aplicado para diversificar a economia angolana e evitar que seja refém do petróleo.

As relações entre Angola e Espanha são reguladas à luz do Acordo Geral de Cooperação, assinado em 20 de Maio de 1987. Os dois países estabeleceram relações diplomáticas a 19 de Outubro de 1977. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.