- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesDoentes com tuberculose abandonam tratamento no Cuanza Norte

Doentes com tuberculose abandonam tratamento no Cuanza Norte

O facto de muitos doentes com tuberculose estarem a abandonar o tratamento está a preocupar as autoridades sanitárias da província do Cuanza Norte.

A preocupação foi manifestada a Angop hoje, terça-feira, em Ndalatando, pelo chefe do Departamento de Saúde Pública e Controlo de Grandes Endemias, Cruz Domingos Manuel, adiantando que esta situação aumenta o risco de propagação desta doença

Informou, sem precisar com exatidão, que a sua instituição regista, anualmente, entre 80 a 90 casos de doentes com tuberculose que abandonam o tratamento, por razões desconhecidas.

Segundo o mesmo, a preocupação aumenta com o facto de muito doentes viverem em zonas consideradas vulneráveis para a rápida disseminação da tuberculose, cujo tratamento demora entre seis a oito meses ininterruptos.

Esclareceu que a instituição debate-se com dificuldades para a localização dos pacientes que desistiram do tratamento, porque estes deixam apenas um número de telefone no início da consulta e posteriormente mudam de contacto e de residência sem informarem as autoridades sanitárias.

Aconselhou os pacientes a deixarem pelo menos um número alternativo na consulta inicial, fundamentalmente de um familiar, para facilitar a sua localização em caso de necessidade.

Seiscentos e 76 novos casos de tuberculose foram diagnosticados de Janeiro a Junho deste ano, no Cuanza Norte, com 20 óbitos, mais 61 em relação ao mesmo período de 2017.

Para Cruz Manuel, o facto de muitos doentes com tuberculose estarem a abandonar o tratamento pode estar na base do aumento de novos casos de infecção, através do retorno destes pacientes à consulta, bem como do número de óbitos.

Para inverter o quadro, a instituição tem vindo a realizar campanhas de sensibilização nas comunidades, através de palestras e anúncios publicitários sobre a importância da continuação do tratamento até a cura e das consequências do seu abandono. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.