- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África África do Sul prepara acordos com Angola e visita de Estado a...

África do Sul prepara acordos com Angola e visita de Estado a Luanda

A África do Sul quer aumentar as relações comercias e de investimento com Angola, estando por isso a preparar uma visita de Estado do Presidente a Luanda, disse à Lusa a ministra das Relações Internacionais e Cooperação.

“Vamos ter uma visita de Estado para assinar acordos bilaterais. A recente visita do Presidente [Cyril] Ramaphosa a Luanda foi de cortesia e no âmbito da SADC”, explicou Lindiwe Sisulu, em entrevista à Lusa.

De acordo com a ministra sul-africana, a visita acontecerá em data ainda por acertar logo após a 10.ª Cimeira do BRICS [Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul], que começa na quarta-feira em Joanesburgo.

“Temos vindo a trabalhar com o Presidente João Lourenço desde que o Presidente Ramaphosa foi empossado e as relações entre os nossos países são excelentes”, afirmou.

Lindiwe Sisulu, que falava à Lusa após a apresentação do programa oficial da Cimeira de líderes, em Joanesburgo, frisou que o governo sul-africano “está muito interessado nos recursos naturais que Angola oferece”.

“Angola tem o que nós não temos. Tem petróleo, o que para nós é um sonho. Gostaríamos de ter o tipo de cooperação que ajude a beneficiar o nosso país, e da nossa parte, temos o que Angola sonha em ter”, adiantou.

A chefe da diplomacia sul-africana recordou que a África do Sul e Angola “celebram uma relação especial de vinte anos de luta”, recordando que em Cuito Canavale os dois povos lutaram “lado a lado contra o regime do apartheid”.

“Temos uma enorme dívida para com Angola, porque não estaríamos onde estamos hoje sem a ajuda dos angolanos”, disse

“Nesse sentido, gostaríamos de reforçar as atuais relações entre os dois países, quer a nível político como comercial”, concluiu a ministra Lindiwe Sisulu.

Dados do ministério do Comércio e Indústria da África do Sul (DTI, em inglês) indicam que as exportações da África do Sul para o resto da África excede 25,3 mil milhões de euros (400 mil milhões de randes), sendo na sua maioria comércio regional com os países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, em inglês).

Angola está entre os maiores parceiros comerciais de Pretória.

Segundo o DTI, o comércio total entre a África do Sul e Angola foi de 1,6 mil milhões de euros (25 mil milhões de randes), em 2017.

Entre 2003 e 2017, foram registados 28 projetos de Investimento Direto Estrangeiro (FDI, em inglês) da África do Sul em Angola.

Estes projetos representam um investimento de capital total de 530 milhões de euros (8,36 mil milhões de randes) e um investimento médio de 298 milhões de randes por projeto.

Durante o período, foram criadas 3.362 oportunidades de emprego, indicou o DTI.

Uma missão empresarial composta por 20 empresas sul-africanas, liderada pelo vice-ministro do Comércio e Indústria, Bulelani Magwanishe, e financiada pelo DTI, visitou na semana passada a capital angolana, Luanda, onde participou na FILDA 2018 e manteve contactos setoriais para identificar novas oportunidades de negócio e de investimento naquele país lusófono.

A missão integrou empresas representantes dos setores aeroespacial e de defesa, construção e engenharia, mineração e infraestruturas.

O Presidente de Angola, João Lourenço, que preside ao órgão de Defesa da SADC, participa na 10ª Cimeira BRICS, juntamente com sete chefes de Estado do continente africano, nomeadamente de Moçambique, Namíbia, Gabão, Senegal, Uganda, Togo e do Ruanda.

O encontro entre os líderes dos BRICS e os seus homólogos africanos está agendado para o dia 27, último dia da cimeira, indica o programa oficial divulgado. (Notícias ao Minuto)

por Lusa com CYH // FPA

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.