- Publicidade-
InicioMundoÁfricaPresidente chinês continua périplo por países africanos

Presidente chinês continua périplo por países africanos

O Presidente chinês Xi Jinping prossegue hoje no Senegal uma deslocação por vários países africanos, naquela que é a quarta visita do chefe de Estado da República Popular da China a África.

Continuando um périplo iniciado na sexta-feira, quando visitou os Emirados Árabes Unidos, Xi Jinping entra agora em África, onde irá passar pelo Senegal, Ruanda, África do Sul – país que organiza a 10.ª Cimeira BRICS -, e ilhas Maurícias.

Num texto assinado por Xi Jinping e publicado na sexta-feira no jornal senegalês Le Soleil, o Presidente chinês recorda que a China é o segundo maior parceiro comercial do Senegal, tendo as trocas comerciais crescido 16 vezes nos últimos dez anos.

Xi Jinping assinala que a China é a maior fonte de financiamento e enumera alguns projetos lançados com fundos chineses, como a ponte de Foundiougne e a autoestrada que liga as cidades de Thies e Touba, que vão permitir ao Senegal “aumentar fortemente o crescimento económico” do país.

“Para que haja desenvolvimento e prosperidade entre todos, temos de nos juntar e criar uma relação China-África ainda mais forte e de olhos postos no futuro”, apelou o Presidente chinês.

A 10.ª Cimeira BRICS, que reúne um grupo de potências emergentes (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) terá como tema a “Colaboração para o Crescimento Inclusivo e Prosperidade Partilhada na 4.ª Revolução Industrial” e decorrerá entre os dias 25 e 27 de julho, em Joanesburgo.

Nos últimos anos, a China realizou vários investimentos em África, incluindo uma base naval na costa do Djibuti que custou cerca de 590 milhões de dólares (cerca de 503 milhões de euros). (Notícias ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.