Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

EUA diz que Israel tem “direito a defender-se” perante ofensiva em Gaza

Os Estados Unidos disseram hoje que Israel tem “direito a defender-se” e culparam o movimento islamita Hamas de provocar tensões na região, depois de aviação israelita ter iniciado uma operação militar em grande escala na Faixa de Gaza.

“Israel tem direito a defender-se”, disse à agência de notícias Efe um porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, que pediu anonimato, ao ser questionado sob a ofensiva israelita.

A ofensiva na Faixa de Gaza iniciou-se depois de trocas de tiros entre militantes palestinianos e soldados israelitas nas proximidades da Faixa de Gaza, o que provocou a morte de um militar de Israel e de quatro palestinianos, segundo o diário Haaretz.

A porta-voz da Casa Branca enviou à Efe um artigo de opinião publicado na quinta-feira por três altos funcionários norte-americanos, que argumentam que “os actos de agressão do Hamas só produziram miséria para o povo de Gaza”.

Esse texto, publicado no Washington Post, é assinado pelo genro e conselheiro de Trump, Jared Kushner, o enviado da Casa Branca para o Médio Oriente, Jason Greenblatt, e o embaixador dos EUA em Israel, David Friedman.

Kushner e Greenblatt realizaram consultas por todo o Médio Oriente durante meses para elaborar um plano de paz entre israelitas e palestinianos, embora os últimos tenham se recusado a se reunir com eles depois de a administração de Donald Trump ter reconhecido Jerusalém como a capital de Israel. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »