- Publicidade-
InicioMundoEUATrump acusa China e UE de manipularem as suas divisas

Trump acusa China e UE de manipularem as suas divisas

O Presidente norte-americano, Donald Trump, acusou hoje a União Europeia (UE) e a China de manipularem as suas divisas e reiterou as suas críticas sobre a política de subida das taxas de juro da Reserva Federal (Fed).

“China, UE e outros estão a manipular as suas divisas e a baixar as suas taxas de juro, enquanto os Estados Unidos estão a elevar as suas taxas e o dólar fica mais forte a cada dia – tornando-nos menos competitivos. Como é habitual, não é um campo de jogo equilibrado”, criticou Trump na rede social Twitter.

Estes comentários foram produzidos após a transmissão da entrevista de Trump para a estação televisiva CNBC, em que o Presidente ameaçou impor taxas aduaneiras sobre todas as importações chinesas, num valor de cerca de 500 mil milhões de dólares (420 mil milhões de euros).

Trump também criticou na quinta-feira a política monetária do banco central norte-americano em relação às recentes subidas das taxas de juro adoptadas pela instituição.

“Aproxima-se o prazo do pagamento da divida e nós aumentamos as nossas taxas. A sério?”, perguntou hoje o Presidente

As declarações de Trump pressupõem uma ruptura com a tradicional posição presidencial de respeito para com a independência do banco central e política monetária.

As críticas à UE e China surgem no contexto da guerra comercial iniciada recentemente por Washington, que adoptou uma marcada política proteccionista através da aplicação de taxas aos seus parceiros comerciais.

Estas medidas levaram a que Pequim apresentasse uma denúncia formal junto da Organização Mundial do Comércio (OMC) e à adopção por parte dos europeus de medidas semelhantes contra a economia dos Estados Unidos.

“Os Estados Unidos não deveriam ser penalizados quando nos estamos a dar tão bem (…). Deveria ser permitido aos Estados Unidos recuperar o que perdeu devido à manipulação ilegal de divisas e acordos de comércio maus”, disse Trump noutra mensagem. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.