Smiley face

JMPLA promove acto político de massas em Luanda

0 46

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um acto político de massas será realizado no sábado (dia 28), em Luanda, no quadro da preparação do congresso extraordinário do MPLA, marcado para o dia 8 de Setembro próximo.

O acto, a ser promovido pelo Comité Provincial da JMPLA de Luanda, tem como finalidade apoiar a candidatura de João Lourenço a presidente do MPLA, em substituição de José Eduardo dos Santos, que deixa a vida política activa neste ano.

O mesmo servirá ainda para reconhecer os feitos de José Eduardo dos Santos, em prol da paz, da reconstrução e da reconciliação nacional.

A iniciativa vai decorrer no Largo das Escolas e será o culminar de uma marcha da juventude de Luanda, a iniciar nas imediações do Alameda.

O acto terá o lema “com a força do passado e do presente, construamos um futuro melhor” e contará com intervenções do primeiro secretário provincial do MPLA de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, e dos primeiros secretários da JMPLA a nível nacional, Sérgio Luther Rescova Joaquim, e provincial, Nelson Lopes Funete.

A JMPLA mobilizou cerca de 20 mil jovens, inclusive afectos a instituições religiosas, de acordo com o segundo secretário provincial da JMPLA de Luanda, Lourenço Luís Domingos.

O próximo congresso extraordinário do MPLA terá como finalidade a eleição do presidente da formação política.

José Eduardo dos Santos lidera o partido desde 1979, na sequência da morte de António Agostinho Neto, então Presidente do MPLA e da República Popular de Angola.

A 11 de Março de 2016, durante a 11ª sessão ordinária do Comité Central, o presidente do MPLA anunciou que deixaria a vida política activa em 2018 e, por isso, não concorreu como cabeça de lista do partido nas eleições gerais de 2017.

O vice-presidente do MPLA, João Lourenço, concorreu como cabeça de lista do partido e foi eleito Presidente da República, tendo sido investido no cargo a 26 de Setembro de 2017.

No dia 29 de Junho último, o Comité Central do MPLA aprovou, por aclamação, a candidatura de João Lourenço ao cargo de presidente do MPLA.

O congresso terá a participação de 2 mil e 591 delegados, provenientes das 18 províncias do país. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »