Portal de Angola
Informação ao minuto

Britânico recebe alta de hospital após envenenamento por Novichok

Policial em local de investigação de envenanamento de britânicos com Novichok em Amesbury 05/07/2018 REUTERS/Henry Nicholls (reuters)

Charlie Rowley, um dos dois britânicos envenenados com o agente nervoso Novichok no mês passado, recebeu alta do hospital nesta sexta-feira.

Rowley, de 45 anos, e Dawn Sturgess, de 44, adoeceram depois de serem expostos ao veneno no sudoeste da Inglaterra, perto de onde o agente duplo russo Sergei Skripal e sua filha Yulia foram atacados com a mesma substância em Março.

“Tenho a satisfação de confirmar que hoje cedo Charlie Rowley recebeu alta hospitalar. Charlie passou por uma experiência terrível que a maioria de nós nunca poderia imaginar”, disse Lorna Wilkinson, diretora de enfermagem do Hospital Distrital de Salisbury, em um comunicado.

Sturgess morreu no início deste mês e sua morte está sendo tratada como assassinato.

O Reino Unido culpou a Rússia pelo envenenamento dos Skripals. O Kremlin negou envolvimento e o incidente provocou expulsões diplomáticas.

A polícia disse que a fonte do Novichok que matou Sturgess era uma pequena garrafa que encontraram na casa de Rowley, e mais de 400 itens foram recuperados como parte da investigação de assassinato. (Reuters)

por Alistair Smout

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »