- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeRelatório de indicadores de desenvolvimento é marco para Angola

Relatório de indicadores de desenvolvimento é marco para Angola

O Relatório de Indicadores de Desenvolvimento Sustentável constitui um marco para Angola e para o Instituto Nacional de Estatística, por ser um meio de avaliação de informação, afirmou hoje, quinta-feira, em Luanda, o director-geral da instituição, Camilo Ceita.

O responsável fez esta afirmação na apresentação do Relatório sobre Indicadores de linhas de Base 2030, tendo referido que o documento não avalia o estado de implementação por parte do Executivo daquilo que são as metas, mas sim, o estado de prontidão do sistema estatístico nacional e do INE na produção dos indicadores.

Realçou que o INE, como órgão executivo central do sistema estatístico nacional, tem a responsabilidade de produzir e difundir toda as informações estatísticas nacionais e para a feitura do presente relatório trabalhou com alguns departamentos ministeriais e com o Banco Nacional de Angola.

Frisou ser este um relatório puramente estatístico , sem informações novas, apenas avaliando em que medida o sistema estatístico nacional está pronto em relação aos indicadores .

Vários sectores como Saúde, Educação, Energia, Águas, entre outros, deram seu contributo técnico e metodológico para a execução do relatório, assim como contou com a colaboração das agências do sistema das Nações Unidas como o PNUD e o Unicef.

Camilo Ceita disse que Angola tem imensos desafios pautados no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018/2022, nas agendas nacional e internacional, para além da regional, que têm de ser sustentados com produção estatística oficial, transparente com qualidade .

A Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável assenta em 17 objectivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas, a qual deve ser implementada por todos os países do mundo, diferentemente dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

A incorporação da Agenda 2030 nas estratégias, planos e políticas nacionais, articula-se por áreas temáticas identificadas nas pessoas, no planeta, na prosperidade, na paz e nas parcerias, cobrindo preocupações de âmbito social, económico e ambiental. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.