- Publicidade-
InicioMundo LusófonoPortugalHomem mata e esconde idosa no frigorífico. Afirma só ter colocado um...

Homem mata e esconde idosa no frigorífico. Afirma só ter colocado um lenço na boca

A justiça aponta que o homem «sabia que a vítima era uma pessoa particularmente indefesa, em razão da sua idade e dos seus graves problemas de saúde».

Um homem de 45 anos foi condenado a 21 anos de prisão pelo Tribunal de Aveiro no início desta semana. No ano passado, o indivíduo assassinou a mulher e escondeu-a numa arca congeladora, em Estarreja.

A mulher, com 80 anos, viu a casa a ser invadida e assaltada pelo homem. A octogenária ainda foi violada e morreu asfixiada. “Coloquei-lhe o lenço na boca e ela caiu”, terá respondido o indivíduo em tribunal.

A justiça aponta que o criminoso “sabia que a vítima era uma pessoa particularmente indefesa, em razão da sua idade e dos seus graves problemas de saúde”.

A idosa, segundo a magistrada, “tinha problemas de locomoção (…) era uma pessoa debilitada fisicamente”.
A juíza conta ainda que o criminoso reconheceu ser culpado em alguns factos do crime, porém “não fez a completa interiorização do desvalor da sua conduta”.

A pena de 21 anos aplicada ao homem foi repartida. 18 anos e meio de prisão, por um crime de homicídio qualificado, dois anos, por um crime de roubo, cinco anos, por um crime de violação, e nove meses, por um crime de profanação de cadáver.

Decorre ainda um processo de pagamento para que o criminoso indemnize o irmão da vítima em 52.500 euros. Essa decisão deixa o homem em prisão preventiva. (Impala)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.