- Publicidade-
InicioVidaSaúdeCasos de tuberculose reduzem no primeiro semestre

Casos de tuberculose reduzem no primeiro semestre

Duzentos e seis casos de tuberculose foram registados na província da Lunda Sul durante o primeiro semestre do ano em curso, menos 11 em relação ao igual período de 2017, informou hoje, quinta-feira, em Saurimo, o supervisor provincial do programa de Luta contra a doença, Pedro Puto.

Em declarações à Angop, a propósito das actividades desenvolvidas durante o período em referência, o responsável fez saber que deste número de doentes, 22 são crianças dos seis aos 14 anos de idade, acrescentando que a diminuição dos casos é fruto das constantes palestras e acções de aconselhamento que o programa tem vindo a realizar no banco de urgência do hospital sanatório da Lunda Sul.

Sublinhou que as palestras visam informar os doentes e suas famílias, que a tuberculose é uma doença que tem cura e que existem medicamentos específicos para o tratamento, bastando apenas que o paciente cumpra escrupulosamente com a medicação.

No mesmo período o programa registou 12 óbitos, dos quais, quatro crianças, mais um em relação ao período homólogo de 2017.

Sem revelar números, fez saber que têm registado muitos casos de doentes com tuberculose associado com HIV, que são acompanhados durante 14 dias, tomando tuberculostatos para posteriormente iniciarem com o tratamento do Sida.

Pedro Puto disse que muitos doentes têm abandonado o tratamento, recorrendo as terapias tradicionais, que sem sucesso acabam por morrer.

Quanto aos municípios, explicou que desde 2016, as unidades sanitárias deixaram de tratar doentes com tuberculose por falta de fármacos, obrigando-os a encaminharem os pacientes para a Sede da província (Saurimo) na área de grandes endemias, para o devido tratamento.

Garantiu que ainda este ano, os municípios do interior (Cacolo, Dala e Muconda) voltarão a tratar os doentes que padecem de tuberculose localmente, evitando assim a deslocação para Saurimo em busca de tratamento.

Apontou o município do Cacolo com 12 casos, como o que mais caso de tuberculose registou no período em referência. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.