- Publicidade-
InicioDestaquesMais de mil milhões de pessoas em risco devido a falta de...

Mais de mil milhões de pessoas em risco devido a falta de refrigeração

Mais de 1,1 mil milhões de pessoas em 52 países enfrentam riscos significativos por falta de acesso a refrigeração, incluindo a morte, segundo uma perita das Nações Unidas.

Em conferência de imprensa, Rachel Kyte disse que “milhões de pessoas morrem todos os anos por falta de acesso a refrigeração, seja por perdas de alimentos, vacinas danificadas ou impacto severo do calor”.

A responsável, que promove o objetivo das Nações Unidas de fornecer energia sustentável a todas as pessoas até 2030, indicou que os países que mais riscos enfrentam são Bangladesh, Brasil, China, Índia, Indonésia, Moçambique, Nigéria, Paquistão e Sudão.

Kyte salientou que “refrigeração para todos” não significa “colocar um ar condicionado em todas as casas”, mas que são necessários “esforços urgentes para esclarecer as necessidades de refrigeração e desenvolver e testar novas soluções”. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.