- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ministérios Ministério da Administração do Território Angola participa no Fórum Político sobre Desenvolvimento Sustentável

Angola participa no Fórum Político sobre Desenvolvimento Sustentável

Angola participa desde hoje até quarta-feira, em Nova Iorque, no Fórum Político de Alto Nível das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (HLPF), cujo papel central é o acompanhamento e a revisão do estado da implementação da Agenda 2030 a nível global.

A delegação angolana à reunião, que se realiza sob os auspícios do Conselho Económico e Social (ECOSOC) das Nações Unidas, é chefiada pela ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, e integrada pela Representante Permanente de Angola junto da ONU, embaixadora Maria de Jesus Ferreira, e vários directores nacionais do pelouro.

Segundo uma nota de imprensa da Missão Permanente da República de Angola na ONU, no encontro, que decorre sob o tema “Transformação Rumo a Sociedades Sustentáveis e Resilientes”, serão feitas projecções sobre o crescimento económico, comércio internacional e outras tendências globais e desafios, bem como compartilhar-se-ão visões e perspectivas futuras sobre como essas projecções afectam o avanço do desenvolvimento sustentável a médio e longo prazos.

Além dos estados membros da ONU, participam no diálogo instituições financeiras e comerciais internacionais e outros actores, abordando, igualmente, a intercessão das tendências globais em globalização, demografia, tecnologia, empregos e implicações para a realização da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Delegações parlamentares participam igualmente no fórum político. O deputado angolano Kilamba Kiuyima Sebastião Van-Dúnem representa a Assembleia Nacional no evento, além de desenvolver outras actividades paralelas no âmbito da União Interparlamentar.

O HLPF sobre o Desenvolvimento Sustentável é a principal plataforma da ONU neste domínio e incentiva os Estados a realizarem revisões regulares inclusivas e voluntárias sobre o progresso alcançado a nível nacional, com a vista a facilitar o intercâmbio de experiências para acelerar a implementação da Agenda 2030 e fortalecer as políticas e instituições governamentais. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.