Portal de Angola
Informação ao minuto

Greve dos camionistas encolheu a economia brasileira em 3,34% em maio

(FERNANDO BIZERRA JR./EPA)

A greve de camionistas que paralisou o Brasil durante quase duas semanas em maio fez a economia do país encolher 3,34% comparativamente a Abril, anunciou esta segunda-feira o Banco Central.

A greve de camionistas que paralisou o Brasil durante quase duas semanas em maio fez a economia do país encolher 3,34% comparativamente a Abril, anunciou esta segunda-feira o Banco Central.

Segundo o Índice de Actividade Económica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma prévia mensal do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, na comparação entre a actividade económica registada em maio de 2017 e deste ano a queda foi um pouco menor, de 1,54%. A divulgação do IBC-Br visa dar uma ideia ao mercado de como está a economia antes da divulgação dos resultados trimestrais do PIB.

A paralisação do transporte de cargas no Brasil afetou praticamente todos os setores da economia, com peso especial na indústria e nos serviços. A produção industrial brasileira recuou 10,9% em maio, a segunda maior queda na série histórica, enquanto o setor de serviços, responsável por cerca de 70% do PIB, recuou 3,8% em maio, no que foi o pior resultado desde 2011.

A greve dos camionistas também fez com que o Banco Central brasileiro reduzisse a previsão para o crescimento do PIB em 2018 para 1,6%, projeção que é um ponto percentual menor do que o valor estimado pelo mesmo órgão em dezembro do ano passado. (Observador)
por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »