- Publicidade-
InicioDestaquesAngola reforça cooperação com INTERPOL

Angola reforça cooperação com INTERPOL

Uma delegação angolana, chefiada pelo ministro do Interior, Ângelo da Veiga Tavares, encontra-se em Lyon, República da França, no quadro do reforço das relações de cooperação institucional com a Organização Internacional de Polícia Criminal (INTERPOL).

Segundo uma nota do Ministério do Interior (MININT) enviada nesta segunda-feira à Angop, o governante angolano deslocou-se à França a convite do secretário-geral da Organização Internacional de Polícia Criminal (INTERPOL), Jurgen Stock, e permanecerá até ao dia 18 do corrente mês.

Desde o dia 14 do corrente mês em Lyon, Ângelo da Veiga Tavares chefia uma delegação composta pelo comandante-geral da Polícia Nacional, por directores gerais do Serviço de Investigação Criminal, do Serviço de Migração e Estrangeiros, entre outros.

A INTERPOL é a Organização Internacional da Polícia Criminal (OIPC – INTERPOL), uma das maiores instituições internacionais do mundo voltada para a assistência recíproca na prevenção e combate ao crime, através da troca de informações, recursos técnicos e promoção de operações policiais.

A organização, chefiada pelo chinês Hongwi Meng, tem 192 Estados-Membros e incentiva acções bilaterais e multilaterais de combate ao crime transnacional, em todas as suas vertentes e dimensões.

Angola foi admitida na organização em 1982, durante a realização da 51ª sessão da Assembleia Geral da INTERPOL, realizada no mês de Outubro, em Torremolinos, Espanha.

Em Angola, a INTERPOL é representada pela Polícia Nacional, por intermédio do Gabinete Nacional da INTERPOL, afecto ao Serviço de Investigação Criminal do Ministério do Interior. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.