- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaAngola e Portugal perspectivam fórum das associações da CPLP

Angola e Portugal perspectivam fórum das associações da CPLP

A União das Associações Locais de Angola (Amangola) e a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (Animar) trabalham na criação do Fórum das Associações Locais da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), no intuito de melhorar e aprofundar o intercâmbio entre os povos da região.

Nesta semana, uma delegação da Amangola, chefiada pelo seu presidente, Job Capapinha, reuniu em Lisboa com as direcções da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), da Confederação Nacional de Agricultores e Crédito Agrícola de Portugal (CONFAGRI), Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (ANIMAR), no quadro do reforço da cooperação.

Em declarações à Angop sobre a jornada, o vice-presidente da Amangola, Tomás Bica Mumbundo, referiu que as duas instituições empreendem esforços, no sentido da criação, em breve, do Fórum das Associações Locais da CPLP e na aprovação da Carta Lusófona para o Desenvolvimento Local.

Nesta perspectiva, informou que a Amangola já deu um passo, com a criação da Delegação Geral Permanente da Amangola em Portugal (DGPP), assegurando o apoio institucional.

Disse que as instituições vão imprimir maior dinamismo no contacto e identificação de associações homólogas no Brasil, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor Leste, estados-membros da CPLP.

A assembleia constituinte da federação deverá acontecer em Luanda, revelou o vice-presidente da Amangola, sem precisar a data.

Em Lisboa, a delegação da AMANGOLA reuniu também com a AJAP (Associação de Jovens Agricultores de Portugal), uma agremiação criada há 35 anos, tendo colhido experiências no domínio da inserção e envolvimento dos jovens agricultores portugueses em projectos e iniciativas privadas, na perspectiva do desenvolvimento rural.

A comitiva foi recebida em audiência pelo secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, Miguel Freitas, que transmitiu a experiências de Portugal relativa a relação público/privada no apoio a pequena agricultura familiar e de funcionamento do crédito agrícola.

A Amangola, criada a 6 de Julho de 2013, é parceira do Estado Angolano na concepção e execução de políticas comunitárias e de desenvolvimento local, entre outras iniciativas.

A associação ganhou o estatuto de utilidade pública na sequência da deliberação do Conselho de Ministros, de 25 de Março de 2015. Propõe-se, entre outras, a participar no desenvolvimento das comunidades e na divulgação da Constituição da República de Angola, dentro e fora do país. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.