Portal de Angola
Informação ao minuto

Colheita de café na província aberta na fazenda Quinvototo

Produção do café (Foto: Morais Silva)

A campanha de colheita de café a nível da província do Uíge foi aberta nesta sexta-feira, na fazenda Quinvototo, município do Bungo, que beneficiou do governo local de uma doação de instrumentos de trabalho e dois mil pés de cafeeiros, no âmbito do fomento da actividade cafeícola na região.

A fazenda Quinvototo, que fica a 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, prevê colher 12 toneladas de café mabuba, um aumento de duas toneladas em relação à campanha anterior.

Além do café, a fazenda produz também mandioca, banana, milho, amendoim, feijão, abacates e outros beneficiou em anos anteriores de um tractor e uma moagem de café.

A cerimónia de abertura da colheita de café contou com a presença do governador provincial do Uíge, Pinda Simão, do ministro do Comércio, Jofre Van-Dunem Júnior e do secretário de Estado para Florestas, André de Jesus Moda.

Na cerimónia, o secretário de Estado para Florestas, André de Jesus Moda, pediu maior engajamento dos agricultores no fomento da actividade cafeícola desta província que anualmente produz seis mil toneladas de café mabuba.

Referiu que a província do Uíge continuará a ser o “baluarte” na produção de café em Angola.

Enalteceu o fazendeiro João Samuel, proprietário da fazenda Quivontoto, onde decorreu o acto simbólico de abertura da campanha de colheita do café, por ter conservado 38 hectares de produção de café.

André de Jesus Moda reconheceu igualmente o plano do governo provincial em implementar um estudo de investigação, através do Instituto Nacional de Café (INCA) local, para produção de novas plantas de café para substituição de velhos cafeeiros com vista o aumento da produção do grão.

Chamado a tomar a palavra, o governador do Uíge,Pinda Simão, encorajou os trabalhadores da fazenda Quinvototo a continuar a aumentar a produção, de modo a participarem activamente no processo de diversificação da economia na província.

Por sua vez, o director provincial da agricultura, Eduardo Gomes, disse que agora a produção do café no Uíge apresenta melhores resultados, pois a cada ano são colhidas seis mil toneladas de café mabuba, proporcionando a criação de 60 mil postos de trabalho. (Angop)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »