- Publicidade-
InicioMundoEuropaCasal britânico vítima de envenenamento manipulou "objeto contaminado"

Casal britânico vítima de envenenamento manipulou “objeto contaminado”

O casal britânico hospitalizado em estado crítico após ter sido exposto ao agente químico ‘novichok’ manipulou um “objeto contaminado”, anunciou esta tarde a Scotland Yard em comunicado.

“Após novos testes, sabemos desde agora que foram expostos a um agente enervante após terem manipulado um objeto contaminado”, indicou a polícia, cujo ramo antiterrorista assumiu a liderança do inquérito juntamente com a polícia do condado de Wiltshire (sudoeste da Inglaterra), onde ocorreu a contaminação.

Um homem e uma mulher britânicos foram encontrados inconscientes no sábado em Amesbury, uma pequena cidade do sul de Inglaterra a uma dezena de quilómetros de Salisbury, localidade onde o ex-espião russo Serguei Skripal e a filha Yulia foram envenenados a 04 de março, originando uma grave crise diplomática entre Moscovo e o ocidente.

Depois de inicialmente atribuírem o incidente ao consumo de drogas, as autoridades britânicas anunciaram na quarta-feira que o casal foi exposto ao agente químico ‘novichok’.

O casal agora afetado, identificado como Charlie Rowley, 45 anos, Daw Sturgess, 44, está internado em estado crítico no mesmo hospital de Salisbury em que estiveram os Skripal.

O caso Skripal provocou uma crise diplomática que se traduziu numa ação coordenada inédita para a expulsão de diplomatas russos de vários países ocidentais, incluindo os Estados Unidos e dois terços dos países membros da União Europeia, a que a Rússia respondeu com a expulsão de diplomatas ocidentais. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.