- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Governo Actividades Partidárias Autarquias constituem prioridade para OMA

Autarquias constituem prioridade para OMA

As eleições autárquicas, previstas para 2020, constituem tarefa prioritária da Organização da Mulher Angolana (OMA), pelo que as mulheres devem participarem nos encontros de esclarecimento e divulgarem a mensagem nas comunidades.

O apelo foi feito hoje, sexta-feira, em Luanda, pela secretária geral da OMA, Luzia Inglês (INGA), na abertura da II Reunião Nacional Metodológica da organização.

Pediu a organização, preparação, mobilização e controlo das militantes, simpatizantes e amigas da OMA a nível dos municípios com vista à participação neste processo.

Por outro lado, disse que cada fase e etapa do processo reveste-se de uma importância estratégica, pelo que a sensibilização e a mobilização das mulheres para exercerem o seu direito de voto é um dever de cidadania.

A secretária geral frisou que para os desafios pela frente é preciso adoptar uma atitude pró activa para o fortalecimento da OMA na defesa dos interesses mais nobres das mulheres angolanas.

Sublinhou a necessidade de se continuar a trabalhar para o reforço da capacidade criativa, para melhorar a qualidade da prestação e continuar a dignificar as mulheres angolanas.

Esclareceu aos presentes que a realização desta reunião metodológica visa aprimorar os métodos de funcionamento a todos os níveis, através da aplicação de estilos inovadores de trabalho que contribua para garantir a eficácia das tarefas programadas.

A responsável ressaltou a necessidade de se privilegiar o diálogo com as jovens e aproveitar o seu dinamismo, as suas ideias inovadoras, o entusiasmo e a criatividade a favor da organização.

Acrescentou a necessidade de organizar os dados estatísticos para facilitar a criação de um banco central de dados e promover o uso das novas tecnologias, incentivar a educação política e patriótica, formação profissional nas comunidades, prestando especial atenção as questões sociais.

Durante a sua intervenção, felicitou todas as mulheres africanas residentes no país a transformar a jornada dedicada a mulher africana, numa digna homenagem a Winnie Mandela, uma panafricanista sul-africana que se converteu no símbolo da luta da mulher africana.

Por sua vez, a secretária para área de informação e novas tecnologias da OMA, Luísa Damião, disse a imprensa que o encontro vai discutir o papel da mulher no empreendedorismo, como elas pode ter a sua autonomia económica e a a vida interna da organização.

Participam do encontro, membros do secretariado executivo nacional, membros do conselho de honra, secretárias provinciais, membros do comité nacional e outros convidados. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.