- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaAntigos combatentes têm mais cinco meses para homologar registo

Antigos combatentes têm mais cinco meses para homologar registo

Os cidadãos que reúnem condições para aderirem a pensão de antigo combatente devem recensearem-se, porque em Dezembro deste ano o processo de cadastramento deixará de ser homologado definitivamente advertiu hpje, sexta-feira, no Lubango, a directora do gabinete provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria na Huíla, Verónica Rito.

Em declarações à Angop, a gestora adiantou que a orientação vem das conclusões do conselho consultivo do ministério de tutela dos antigos combatentes é extensiva a todo país, e visa despertar a sociedade para adesão em tempo oportuno e evitar reclamações após o término.

Adiantou que os antigos combatentes têm um período determinado e que o país não vai levar o tempo todo a registar assistidos afins, mas até Dezembro o gabinete vai receber novos processos para o enquadramento.

Fez saber que actualmente antigo combatente como tal são poucos, o que existe mais são viúvas e órfãos, assim como veteranos da pátria.

Explicou que são considerados antigos combatentes todos cidadãos que lutaram até 1975, já os que vêm a seguir a esse ano são veteranos da pátria.

Por outro lado, disse que 190 antigos combatentes começaram a ser assistidos desde Fevereiro último pela direcção provincial pela primeira vez, no quadro das novas homologações.

Disse que universo de mais de 600 documentos enviados em Janeiro último para sem enquadrados, só 190 reuniram os requisitos, outros estão em fase de aprovação após revisão.

Lamentou o facto de que muitos já beneficiaram em 2013 de kits para electricidade, alfaiataria e serralharia, mas actualmnte estão parados, outros já não existem e não se sabe a sua localização.

Deu a conhecer que no presente ano, 570 antigos combatentes já efectuaram as suas provas de vida.

A direcção assiste actualmente cinco mil e 800 cidadãos que já beneficiam das suas pensões mensais. Além dos antigos combatentes e deficientes de guerra são controlados órfãos, viúvas e acompanhantes. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.