Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Onda de calor faz 17 vítimas mortais no Canadá

(DR)

1.200 chamadas por dia e 17 mortes registadas. Onda de calor no Canadá deixa autoridades em alerta.

Pelo menos 17 pessoas morreram em Quebec devido à onda de calor que atinge o leste do Canadá desde o fim da semana passada, informaram autoridades de saúde esta quarta-feira, 4 de julho.

Destas mortes, 12 aconteceram em Montreal, informou a diretora regional de saúde desta cidade, Mylène Drouin.

Outras cinco mortes foram reportadas nas últimas 48 horas na região dos Cantões de Quebec, no leste da cidade homónima, de acordo com o jornal La Tribune, que cita como fonte autoridades locais de saúde. As autoridades acreditam que estas mortes podem estar igualmente relacionadas com o calor que se faz sentir.

As vítimas de Montreal são parte de um setor da população “muito vulnerável: pessoas idosas, doentes crónicos ou mentais” que não tinham ar condicionado nas suas casas, explicou Drouin durante uma entrevista na televisão pública.

A temperatura em Montreal chegava nesta quarta-feira os 34 graus centígrados, mas com uma humidade que podia elevar a sensação térmica para além dos 40 graus. A partir de sexta-feira está prevista uma descida das temperaturas.

As autoridades emitiram alertas de calor para o sul de Quebec (onde se inclui Montreal), Ontario, Nova Escócia, e New Brunswick.

Num comunicado emitido esta quarta-feira, os serviços de emergência de Montreal reportaram receber 1.200 chamadas por dia relacionadas com o calor.

De recordar que cerca de 100 pessoas morreram em 2010 na região de Montreal por uma onda de calor. (Sapo 24)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »