- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeDoentes angolanos em Portugal pedem uniformização de subsídios

Doentes angolanos em Portugal pedem uniformização de subsídios

Os doentes angolanos em regime de junta médica, em Portugal, pedem ao Ministério da Saúde a alteração do valor do subsídio mensal atribuídos a si e seus acompanhantes e exigem a uniformização do montante para todos os cidadãos em assistência médica e medicamentosa naquele país europeu, sem excepção, soube o Jornal de Angola.

De acordo com a fonte, actualmente, a Junta Nacional de Saúde atribui a alguns pacientes em tratamento em hospitais portugueses valores que vão dos 540 euros de subsídio mensal, enquanto a outros, principalmente os residentes em pensões pagas pelo Sector de Saúde, dá a módica quantia de 12 euros.

Os familiares acompanhantes de doentes recebem, de acordo com a mesma fonte, a módica quantia de seis euros, para o mesmo período de tempo, o que levou a comunidade em tratamento médico em Portugal a solicitar às autoridades angolanas a “acabar com os indecentes subsídios”.

Quando questionada sobre a razão das abismais diferenças no valor do subsídio atribuído aos cidadãos angolanos em tratamento médico em Portugal, a fonte do Jornal de Angola limitou-se a responder laconicamente tratar-se de “segredos de Estado.” (Jornal de Angola)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.