- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Fuga a paternidade desmoraliza sociedade - Bispo Emílio

Fuga a paternidade desmoraliza sociedade – Bispo Emílio

A fuga a paternidade está a contribuir para desmoralização da sociedade, em grande escala, nos últimos tempos, afirmou o bispo reformado da igreja Metodista Unida, Emílio de Carvalho.

De acordo com o bispo, a fuga a paternidade protagonizada por parte de progenitores “irresponsáveis” influencia, negativamente, no desenvolvimento da criança.

Em declarações à Angop, lamentou que actualmente os homens deixam de sustentar os filhos gerados de relações extra-conjugais, deixando todo encargo para a mulher.

Por outro lado, defendeu a necessidade da promoção do equilíbrio moral, para não se descambar-se na promiscuidade que pode contribuir no aumento do número de filhos abandonados.

Informou que a igreja Metodista Unida tem desempenhado bem, no dia-a-dia, o papel moralizador da sociedade, através de cultos, palestras, dramas, programas de acompanhamento pastoral e associações.

“São necessárias grandes campanhas, trabalho intenso com as famílias, à todos níveis, para que possamos devolver aqueles valores que estão em crise, porque se a nossa base de valores for bem segmentada, situações dessa natureza já não as teremos”, assegurou.

Para si, o pai tem um papel dominante na vida da criança e deve servir de exemplo dos filhos.

“Felicito os pais que têm filhos legítimos e ilegítimos e, ainda assim, velam pela sua educação e instrução, um dever incondicional que deve ser bem exercido por todos na sociedade”, reconheceu. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.