InicioMundo LusófonoMoçambique"Divórcio" no Movimento Democrático de Moçambique

“Divórcio” no Movimento Democrático de Moçambique

Venâncio Mondlane abandona o MDM e dirigentes de Maputo aderem à Renamo

O deputado do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) e anunciado como candidato por aquele partido à presidência da cidade de Maputo nas eleições de Outubro, Venâncio Mondlane, divulgou nesta sexta-feira, 29,uma carta em que anuncia a sua saída do MDM.

Mondlane revelou ter entregue o seu pedido de demissão ontem ao partido, mas não anunciou o seu destino político, o que prometeu fazer mais à frente.

É o consumar de um “divórcio” já anunciado, mas o agora ex-deputado não sai sozinho.

Em conferência de imprensa nesta manhã, dezenas de membros do partido liderado por Daviz Simango, que faziam parte da delegação da cidade de Maputo, anunciaram a sua desvinculação do MDM e o seu apoio incondicional a Venâncio Mondlane, bem como a sua ligação a Renamo.

Com camisetas estampadas com a foto de Venâncio Mondlane e o emblema da Renamo, a liderança da delegação do MDM na capital do país, incluindo Ismael Nhacucue, chefe do grupo desse partido na Assembleia Municipal de Maputo, anunciou o fim de um casamento que durou pouco mais de cinco anos.

Venâncio Mondlane é apontado como provável cabeça-de-lista da Renamo para a cidade de Maputo, nas eleições autárquicas de 10 de Outubro.

Gania Mussagy, membro da Comissão Política da Renamo, apadrinhou a renúncia do grupo e deu as boas-vindas ao partido.

Ela agendou para uma outra ocasião, o provável anúncio de Venâncio Mondlane como cabeça-de-lista da Renamo para a capital.

A saída massiva de membros, alguns dos quais de peso, revela uma das mais profundas crises do MDM. (Voa)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.