InicioDestaquesJuiz nos EUA dá 30 dias para serem reunidas famílias de imigrantes

Juiz nos EUA dá 30 dias para serem reunidas famílias de imigrantes

Um juiz na Califórnia deu 30 dias às autoridades fronteiriças dos Estados Unidos para que fossem reunidas as famílias de imigrantes e 14 dias nos casos das crianças com menos de cinco anos.

A decisão data desta terça-feira e foi tomada pelo juiz federal Dana Sabraw, em San Diego, que decretou também uma providência cautelar a nível nacional que acautelasse futuras separações familiares.

O juiz exigiu ainda que seja providenciado contacto telefónico entre os pais e as crianças até aos 10 anos.

Mais de 2.000 crianças foram separadas dos pais nas últimas semanas e colocadas em abrigos governamentais.

A decisão tomada pelo juiz federal de San Diego é uma vitória para a União Americana de Direitos Cívicos (UCLU, na sigla em inglês), que instarou a ação em março, envolvendo uma criança congolesa de sete anos e uma outra brasileira separadas das suas respetivas mães.

“Vão ser derramadas lágrimas nos centros de detenção por todo o país quando as famílias souberem que vão voltar a estar juntas”, disse o advogado da UCLU, Lee Gelernt.

“Os factos apresentados ao tribunal mostram ações reativas governamentais para dar resposta a circunstâncias caóticas causadas pelo próprio Governo”, segundo o juiz Dana Sabraw. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.