InicioAngolaRegiõesCunene: Diagnosticado mais de dois mil casos de má nutrição

Cunene: Diagnosticado mais de dois mil casos de má nutrição

Dois mil e 374 novos casos de má nutrição em crianças menores de cinco anos de idade foram diagnosticados de Janeiro a Maio deste ano, na província do Cunene, contra 4 mil 912 registados no igual período de 2017.

A informação foi avançada nesta segunda-feira, à Angop, em Ondjiva, pela supervisora do Programa, Esmeralda Gaudiosa, referindo que, das crianças assistidas, 27 acabaram por falecer, por chegarem tardiamente às unidades sanitárias.

Informou que no igual período de 2017, as autoridades sanitárias a nível dos seis municípios da província notificaram um total de 36 óbitos, por causa dos pais optarem em levar primeiro as crianças nas consultas tradicionais.

A responsável afirmou que devido a maior aposta do programa na capacitação de quadros de vigilância nutricional, bem como da realização das acções de sensibilizado das comunidades sobre as medidas de prevenção com a doença, os casos como os óbitos têm estado a diminuir.

Esmeralda Gaudiosa disse que a má nutrição é uma doença de risco, pelo que aconselhou mais responsabilidade das mães quanto à amamentação dos bebés.

A província do Cunene, com um universo de 990 mil e 87 habitantes, tem uma rede sanitária composta por oito hospitais, 43 centros e 115 postos de saúde. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.