InicioMundoAmérica CentralCampanha eleitoral no México regista 130 homicídios de actores políticos

Campanha eleitoral no México regista 130 homicídios de actores políticos

Mais três mortes durante uma ação de campanha no estado de Oaxaca elevam para 130 o número de homicídios cometidos contra atores políticos durante a campanha eleitoral presidencial, cuja votação está agendada para domingo.

Fontes do Movimento de Regeneração Nacional (Morena) informaram hoje que Emigdio López Avendaño, candidato a deputado local, e pelo menos duas pessoas que o acompanhavam durante uma ação de campanha, foram assassinados a tiro.

Desde o início do processo eleitoral, a 08 de setembro de 2017, registaram-se mais de 543 agressões, 130 assassinatos, 48 dos quais eram candidatos e pré-candidatos, segundo uma informação da consultora Etellekt sobre violência política.

A 01 de julho será eleito o Presidente do México, 500 deputados e 128 senadores do Congresso Federal, bem como as autoridades locais em 30 dos 32 estados daquele país. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.