Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

PR exonera e nomeia quadros militares

O Presidente da República e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas (FAA), João Lourenço, exonerou das suas funções oficiais da Casa Militar e da Guarda Presidencial.

Nos termos do Decreto Presidencial nº 142/18, publicado no Diário da República da 1ª série, nº 85, de 11 de Junho de 2018, João Lourenço exonera os oficiais generais que se seguem:

Sequeira João Lourenço, do cargo de secretário executivo da Casa Militar; Alfredo Tyaunda, do cargo de comandante da Unidade da Guarda Presidencial (UGP);

António Mateus Júnior de Carvalho, do cargo de secretário para os Assuntos de Defesa e Forças Armadas da Casa Militar; João António Santana, do cargo de director-adjunto do Gabinete de Acção Psicológica e Informação (GAPI) da Casa Militar; José João, do cargo de comandante da Unidade de Segurança Presidencial;

Francisco Lombá Dias dos Santos, do cargo de secretário para os Assuntos de Interior e Polícia Nacional da Casa Militar; André Magalhães, do cargo de comandante-adjunto da Unidade de Guarda Presidencial para a Educação Patriótica; António Milagre Roque Alves de Lima, do cargo de chefe dos Serviços de Saúde da Casa Militar;
Filipe Figueiredo, do cargo de chefe do Centro de Direcção de Telecomunicações e informática do Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas (FAA);

Filomeno António Pereira, do cargo de chefe da Secção de Operações da Secretaria Executiva da Casa Militar;
Luís Adelino Miguêns Candamba, do cargo de segundo comandante da Unidade de Guarda Presidencial (UGP);
José Domingos Francisco, do cargo de comandante-adjunto da Unidade de Segurança Presidencial para a Educação Patriótica.

Num outro Decreto Presidencial, nº 143/18, o Presidente João Lourenço exonera os oficiais generais Marques Correia, do cargo de segundo comandante do Exército, e Matias Lima Coelho, do cargo de inspector geral da Defesa Nacional.

Já no Decreto Presidencial nº 144/18, publicado no mesmo Diário da República, João Lourenço nomeia o comissário Carlos Manuel Alves para o cargo de director-geral-adjunto do Serviço de Investigação Criminal (SIC). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »