Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Arábia Saudita considera inevitável subir oferta de crude

O maior produtor mundial de crude terá sondado os seus parceiros com algumas ideias sobre como aumentar a oferta entre 500 mil a 1 milhão de barris por dia na segunda metade de 2018.

A Arábia Saudita continua a tentar resolver os diferendos que têm surgido ultimamente dentro da OPEP. A pouco mais de uma semana da reunião formal do cartel em Viena (considerada por muitos como crucial para o futuro próximo do mercado mundial de petróleo), o maior produtor mundial de crude terá alegadamente sondado os seus parceiros com algumas ideias sobre como aumentar a oferta na segunda metade de 2018.

Relembre-se que a Arábia Saudita continua a enfrentar a forte oposição do Irão, da Venezuela e do Iraque e, ao mesmo tempo, a pressão dos EUA para aumentar a produção de crude.

Estas ideias incluem a possibilidade de subir a produção de petróleo entre 500 mil bpd e 1 milhão bpd até ao final do ano. Uma das propostas seria a de haver apenas uma subida de 500 mil bpd. Outra seria a de aumentar já a produção em 500 mil bpd e a de haver um aumento semelhante no quarto trimestre.

O cenário de um aumento faseado da produção parece ser o mais consensual dado que iria atenuar o impacto de haver uma maior oferta no mercado. Por outro lado, há países que defendem a realização de uma reunião extraordinária em Setembro ou Outubro para monitorizar a situação do mercado e aí decidir os próximos passos. A reunião da próxima semana promete ser, por isso, difícil para todas as partes. (Expansão)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »