- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Ministério da Agricultura introduz sementes melhoradas para maximizar a produção

Ministério da Agricultura introduz sementes melhoradas para maximizar a produção

O Ministério da Agricultura e Florestas introduziu no presente ano agrícola sementes melhoradas, visando maximizar a produtividade e a produção agrícola nacional, revelou quinta-feira, em Caxito, o ministro do sector Marcos Nhunga.

De acordo com o governante que falava na feira da banana, aberta, em Caxito, província do Bengo, a referida medida enquandra-se na estratégia para o aumento da oferta de sementes mais produtivas e com isso aumentar a produtividade e a produção no sector agrícola no país.

Por outro lado, Marcos Nhunga, disse que o sector deu primazia ao incremento das quantidades de charruas de tracção animal e utensílios agrícolas, o que está a reflectir-se de forma satisfatória no aumento das áreas trabalhadas pelas famílias camponesas nas províncias da Huíla, Benguela, Huambo, Bié e Cuanza Sul.

“No ano agrícola que se avizinha, as nossas atenções deverão concentrar-se na consolidação dos programas e acções iniciados na campanha agrícola transacta e projectar novos desafios que possam contribuir decisivamente para o alcance das metas preconizadas no plano de desenvolvimento nacional (PDN)”, ressaltou.

Por outro lado, o ministro chama a atenção a valorização dos técnicos nacionais, garantindo-lhes formação e condições de trabalho para que possam substituir a contratação de mão-de-obra estrangeira.

“Temos que de uma vez por todas começar a dar mais valor ao técnico nacional, formá-lo melhor, dar-lhe condições de trabalho, oportunidade, responsabilidade e ao lado do técnico estrangeiro, deve ter dois ou três angolanos, para formá-lo e assim, irmos substituindo o recurso à contratação de mão-de-obra estrangeira”, ressaltou. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.