Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

CEIC diz que há batota nos preços da gasolina e do gasóleo

A futura entrada no mercado de distribuição de combustíveis por companhias estrangeiras deveria provocar uma actualização dos preços dos combustíveis antes de começarem a operar, para que não seja o País a comportar “diferenças cambiais na gasolina e gasóleo a operadores estrangeiros”.

Centro de Estudos e Investigação da Universidade Católica de Angola (CEIC/UCAN) alerta que devido à desvalorização do Kz os combustíveis estão a ser vendidos nos postos de abastecimento abaixo do seu preço real o que, na prática, significa que o sector assiste a uma subsidiação encapuzada.

O CEIC/UCAN apresentou esta semana o seu relatório de Energia 2017, que faz uma análise, entre outros assuntos, aos preços dos combustíveis do País. Sem adiantar percentagens de aumento, o CEIC recomenda a actualização dos preços de gasolina e gasóleo.

“Não se percebe por que motivo não se aplica o princípio de actualização de preços de venda ao público do gasóleo e da gasolina conforme ficou definido em Dezembro de 2015, de forma a cobrir as diferenças que, para já, estão a ser suportadas pela Sonangol”, refere o relatório.

De acordo com o relatório, a intenção de liberalizar o mercado de importação de combustíveis, para que deixe de ser a Sonangol a importar o total das quantidades necessárias ao mercado, também implica automaticamente a actualização de preços de venda ao público segundo fórmulas a serem aprovadas pelo Ministério das Finanças. (Expansão)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »